01/06/2015


Segunda livre


Esta semana me trouxe um alívio libertador diante de uma semana tão lenta e angustiante. É incrível como uma hora de diálogo pode destruir ou fortalecer muita coisa. Me sinto cada dia mais forte em não ficar me lastimando com provocações externas, mas é impossível estar perto com o sorriso estampado.Tive muito medo mesmo, medo dos rumos provenientes das consequências. Agora me sinto leve, com a cabeça liberta e muito satisfeita em ter conversado tudo o que queria.
0

Sessão de flores


 



0

28/05/2015


Escrever para mim é uma ótima maneira de melhorar as coisas


Existem dias ruins, da mesma forma que existem os bons. Há aqueles dias em que tudo parece errado, a vida parece virar de ponta cabeça e sentimos como se nada mais fosse dar certo. Aquele dia em que você só quer ficar sozinho, longe de tudo e de todos; ou talvez ver um filme triste e acabar com o que resta de seu reservatório de lágrimas. Ou talvez você só queira alguém que possa lhe compreender e que lhe diga: "Calma, tudo vai dar certo. Eu estou aqui com você."
Muitas vezes demoramos para compreender que a vida raramente é aquele mar de rosas com o qual sonhamos e que as derrotas, ilusões e decepções estão mais presentes em nosso dia-a-dia do que gostaríamos que estivesse. Mas as coisas são assim mesmo. Da mesma forma que há dias maravilhosos, repletos de felicidade e que gostaríamos que fossem eternos, há também aqueles que nos deixam para baixo, aqueles em que parece que o mundo fechou as portas diante de nós.

Não há porque se enganar, nem tudo está perdido. Enxugue as lágrimas, abra os olhos e olhe ao seu redor. Muitas vezes estamos tão fechados e concentrados em nós mesmos e em nossas decepções que esquecemos dessa simples atitude. Observe sua vida, as pessoas que estão ao seu lado - mesmo que eles nem sempre possam lhe compreender - relembre cada momento pelo qual você já passou e então você vai perceber que você tem muitos motivos para sorrir. Não esqueça de seus amigos e de todos aqueles que já estiveram do seu lado nos mais diversos momentos de sua vida - até mesmo por aquela simples palavra amiga, que muda tudo.


Levante-se, olhe para o espelho. Observe sua imagem e lembre-se que você tem uma vida para viver e que muita coisa ainda está por vir. Coloque um sorriso em seus lábios, por mais que no início ele possa parecer forçado. Lembre-se que se agora passamos por dificuldades, isso significa simplesmente que há coisas melhores por vir.
Não se deixe abater, acredite, você pode! Permita-se ser feliz, permita-se sorrir, não importa o tamanho e nem a dificuldade dos obstáculos que se interpõem em seu caminho. Você pode fazer diferente, você pode ser diferente. Aproveite seus momentos ruins para mudar sua vida, para transformar suas atitudes, para se tornar um alguém melhor e permita-se viver de uma forma nova e diferente. Quem foi que disse que as coisas ruins, as decepções e as derrotas podem nos impedir de crescer?
Jamais esqueça: por mais difícil que seja a situação que você estiver passando ou o que você estiver enfrentando, lembre-se que há sempre motivos para sorrir. Mesmo que as vezes você precise procurar um pouco, tenha certeza, você irá encontrá-los nas coisas mais inesperadas. E sorria sempre, mesmo nos momentos difíceis, porque a vida é feita de batalhas e você é quem decide quem sairá como vencedor.
0

Potinhos


Não me fale de amor... Eu já amei demais! Faça amor comigo. Me faça encontrar a paz!
0

Dias de silêncio

Campos do Jordão  (Saudades)

Os dias de silêncio estão sendo bem dolorosos para mim, creio que da forma em que estávamos machucando um ao outro, estamos nos saindo menos machucados. As vezes precisamos nos afastar do que mais amamos, para que este amor seja preservado.
Me sinto cansada em ter que ficar sempre me desculpando por tudo, quando na verdade você também esquece o significado desta palavra. Nem sempre somos os donos da razão. Se pedir desculpas se torna doloroso, aceitar se torna muito mais. 

Estamos vivendo em esferas muito distantes e desta forma, pensamos no que é melhor para nossas vidas. Talvez eu tenha que perdoar à mim mesma antes de perdoar alguém. 
O mais doloroso disso tudo são as memórias. Tenho memórias boas, médias e ruins mas as que se prevalecem, são as boas, e isto provoca uma enorme saudade.
Nada que o tempo não cure~~


0

26/05/2015


Quanto "clichê"


Sempre ouço dizer que confiança é como cristal, uma vez quebrada, juntar os cacos torna-se impossível. 
Conhecemos alguém, ficamos próximos da pessoa e com o tempo começamos a depositar diariamente parcelas de confiança nela. Nessa hora, o tempo funciona apenas como uma fachada para algo que, inexoravelmente falaríamos com essa pessoa algum dia. Algo como: confio em você de olhos fechados. 
Clichê! O roteiro é tão natural que o indício de termos um final feliz é previsível. Até outro clichê, também inexorável, entrar em ação: a decepção. 
Sempre ouço dizer que todos irão nos decepcionar, cabe a nós decidir por quem vale a pena sofrer, Mas acabamos sofrendo por todos. Também é natural. Mas é um caminho com volta, ao contrário da confiança. Se alguém quebrou o cristal que sustentava o relacionamento, uma só vez basta. É o tipo da coisa que só se sentir dá pra entender. O pé atrás com aquela pessoa será inevitável, aconteça o que for. Infelizmente não há receita para esse tipo de situação. 
 Ninguém nunca vai saber se aquele alguém em que confia não é confiável se antes não confiar nele. A decepção é a conseqüência que temos que sofrer por atitudes impensadas daqueles que mais amamos. Para isso, outra frase que sempre ouço me vem à cabeça. É a de que decepção não mata: ensina a viver. Eu sei, continua clichê, mas é porque acontece com todo mundo mesmo. Ou você acha que essas frases são repetidas toda hora por mero acaso? O segredo não é formar um muro invisível por dentro impedindo o contato das pessoas: o segredo é fazer parecer que esse muro existe para ver quem o ultrapassaria pra chegar até você.
0

25/05/2015


Ousar-se



Quando estou no caminho da faculdade, sentada naquele ônibus, minha vida passa num filme em questão de segundos. Hoje estou refletindo sobre a viagem de nossas mentes e seu quantitativo de ideias brilhantes.
Este final de semana brisei longinquamente imaginando diversos traços que a vida poderia trilhar. Estou bastante pensativa acerca do que quero traçar em minha vida. Creio que este ano tem sido crucial para minha determinação, o próximo poderá ser um caminho sem volta.
Engraçado que sinto muita firmeza em algumas escolhas, assim como sinto medo das consequências. Sempre tememos o desconhecido, mas um pouco de ousadia para arriscar pode nos acarretar também, consequências maravilhosas.
No ano passado, se eu não tivesse ousadia, estaria super infeliz. Consegui me reerguer, conquistar novas experiências e abrir novas portas.   Hoje me sinto satisfeita com minhas escolhas e não me vejo no passado.
Passado... acho que este é o meu pior inimigo, estou sempre em constante mudança pois detesto me prender à monotonia. Costumo enjoar das coisas facilmente, assim como desapegar. Se não desapego, é porque algum bem muito maior me faz.
Ao refletir neste tal dia, contemplando a estrada e o lindo azul do céu, o futuro me veio à mente. Tantas e tantas escolhas envolvendo histórias que só reafirmaram o que quero para minha vida.
0

14/05/2015


Caminhando em tantas nuvens



Sinto muita saudade de conversar comigo mesma através da escrita. Hoje resolvi reativar meu blog para retornar minhas ideias, meus desabafos, minhas confissões e até mesmo minhas escritas sem nexo.
Não tenho a intenção de ter leitores e sim de registrar meus pensamentos diários e depois relê-los e perceber o quão evoluí em minha vida. Acho uma pena ter excluído todas as minhas postagens anteriores, muitas coisas que escrevi foram eternamente apagadas.
O tempo para mim mesma foi reduzido durante estes anos, a jornada de estudos, de trabalho e principalmente a vida adulta nos limita reservar um tempo para si mesma.  A vida adulta é incrível mas precisamos misturar as diversas fases para ser feliz. A inocência de infância passou e eu nem percebi, quando dei conta,já estava infiltrada numa maturidade sem volta.
Diante de uma tarde nostálgica, resolvi pensar sobre o que me faz bem, surgiu-me a ideia de voltar a escrever. A escrita sempre me libertou, sempre me tornou confiante de meus pensamentos.
Quanto ao blog "Terminei indo", surgiu à partir de uma música que sempre escutava nas minhas viagens para Angra dos Reis, lembro-me de estar sentada na janela do ônibus, contemplando aquela paisagem que marcou o início da minha vida adulta, ouvindo diversas vezes a mesma música.  Hoje em dia realmente "Eu sei caminhar em tantas nuvens e posso visitar de vez em quando o chão".
Tenho caminhado em nuvens incríveis!
Por hoje, é isso ~~
0
Tecnologia do Blogger.